22 de outubro de 2015

• sobre tempo, adultos e infelicidade •



O tempo passa rápido demais e eu não posso fazer nada.
Os dias voam, os problemas acumulam, as preocupações aumentam e o essencial da vida vai sumindo aos poucos.
Os detalhes que antes me faziam sorrir sozinha no meio de uma rua qualquer, hoje passam 
despercebidos aos olhos de quem está com a cabeça cheia de grandes coisas. Aqueles que me faziam ter os melhores dias, se tornaram pesos que me cansam. As belas sensações que me causavam arrepios instantâneos, estão cada vez mais raras. O amor que eu espalhava aos quatro cantos do mundo se perdeu em meio a tanta maldade alheia. A criança boba se trancou e mostrou a todos uma cara feia. A pressa se mostra presente. Tudo ao redor cresce “num já” e é difícil acompanhar. O mau humor não sai de perto e tudo é tão rotineiro que eu entro no piloto automático. 
Ser adulto é isso? É ser infeliz e relembrar os momentos que não vão voltar? Isso é crescer? Amadurecer? 
Lamento informar a todos que já se acostumaram mas vou rir todos os dias do mesmo detalhe mínimo no meio de uma rua qualquer. Não vou me cansar de ninguém, e sim deixar isso passar despercebido. Vou buscar insanamente todas as belas sensações que vão se tornar presentes. Vou sorrir a toda maldade e oferecer meu amor em troca. Vou dar ‘oi’ a criança boba e apresenta-la ao universo, meu universo. Vou ver todas as flores crescendo no meu jardim. Vou me recuperar de todo o mau humor e desviar de toda a rotina chata. Vou ser uma eterna adulta com alma de criança, quebrando todos os padrões e seguindo apenas um: ser feliz, mas de verdade.


• Gabriele Bondavali •



10 comentários:

  1. Estamos juntas! serei uma eterna criança adulta, não nasci para seguir todos esses padrões de posturas e personalidades de adultos. Temos que ser aquilo que realmente amamos ser, e não o que as outras pessoas julgam ser adequado ou perfeito!

    Beijos,
    rodoviadezenove.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O "adequado" é ser quem somos de verdade e nada mais importa, fingir ser feliz jamais!
      Beijos ♥

      Excluir
  2. Gabiiiii, que texto divino, a cada linha que lia, me via dentro do texto sabe...
    Eu amei e você está de parabéns! <3

    bjs,

    www.tpmbasica.com.br
    youtube.com/tpmbasica

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigada, fico feliz que tenha gostado!
      Beijoss

      Excluir
  3. Que texto maravilhoso! Me identifiquei demais ç-ç
    Realmente crescer é bem esse processo de deixar graça nas coisas banais, mas manter nossa criança interior viva é justamente continuar apreciando os mínimos detalhes!

    Beijão
    http://www.perigosasgarotas.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, é isso mesmo! Vamos todos manter a criança interior e ser feliz com isso. Beijoss

      Excluir
  4. Texto lindo demais, parabéns! Amei!
    Um beijo

    Dicas para Todas

    ResponderExcluir
  5. Respostas
    1. Que bom que gostou, muito obrigadaa! Beijoss

      Excluir